2 de outubro de 2015

Com a visita de "deputados estudantes", Parlamento Jovem é instalado

A Assembleia Legislativa recebeu nesta sexta-feira, 2, os 27 deputados estudantes para a instalação do Parlamento Jovem. Eles são alunos da Escola Estadual de Tempo Integral Marcos Antonio Cavalcanti Silva, localizada no Benedito Bentes, em Maceió. Os deputados estudantes foram eleitos no último dia 10 de setembro. Na primeira visita ao Parlamento eles foram recepcionados pelo presidente da Casa, deputado Luiz Dantas (PMDB), pelo 1º vice-presidente, deputado Ronaldo Medeiros (PT), pelos deputados Rodrigo Cunha (PSDB) e Isnaldo Bulhões (PDT), pela deputada Jó Pereira (DEM) e pelo deputado federal João Henrique Caldas (SD). “Essa é mais uma oportunidade que a Assembleia dá para que novos valores possam surgir. É nesta idade, na escola, que as questões políticas começam a ser debatidas, e isso pode trazer ânimo e entusiasmo para que esse corpo jovem de parlamentares possa vingar e trazer novos valores à Casa de Tavares Bastos”, declarou Luiz Dantas. Seguindo a mesma linda de raciocínio, o deputado Ronaldo Medeiros observa que esta é uma oportunidade de trazer o jovem para conhecer e divulgar as ações do Legislativo. “E também formar novas lideranças, quem sabe não teremos, entre esses jovens, um futuro parlamentar”, disse Medeiros, destacando que é a partir de iniciativas como essas que se pode despertar o interesse dos jovens pela política. “Uma vez que a política é uma atividade nobre e formar novos valores na escola é muito bom, porque na escola eles terão oportunidade de discutir e, aqui no Parlamento, poderão apresentar propostas de leis”, completou Medeiros. Para o deputado federal João Henrique Caldas, que é o autor da Resolução que criou o Parlamento Jovem, em 2012, quando assumia uma cadeira na Casa, ver o projeto sair do papel é um momento de extrema felicidade. “Porque nem sempre as coisas acontecem no momento em que queremos, mas isso demonstra que a iniciativa é louvável e hoje a Assembleia Legislativa viu o momento adequado de implantar o Parlamento Jovem”, declarou Caldas. A deputada estudante Inaê Rodrigues da Silva disse que sua expectativa em estar no Parlamento é de poder expressar opiniões de forma crítica, observando que o cidadão tem o poder nas mãos para transformar a sociedade. “Sabemos que o nosso Estado tem os piores índices sociais, temos muitas coisas para melhorar, mas sabemos que cada um de nós, que compõe a sociedade, tem o poder para mudar isso”, disse Inaê, acrescentando que sua visão da Assembleia Legislativa era a de “um lugar culto”, onde pessoas de classe baixa não teriam oportunidade de vir. “Mas hoje estamos aqui para representar, não só a nossa escola, mas todo o Estado”, conclui a parlamentar mirim. De acordo com a diretora da Escola Marcos Antônio Silva, Adenilma Brandão, trabalhar essa experiência com os estudantes e o Legislativo alagoano, além de inovadora, é de grande importância para a formação política dos jovens. “Quando esse projeto chegou na escola, para dar oportunidade para esses jovens de interagir, elaborar e criticar, a intenção foi logo colocá-lo em prática, porque eles estão desacreditados e precisam dessa mudança”, destacou a diretora. Após a sessão solene de instalação do Parlamento jovem, o deputado Rodrigo Cunha proferiu uma palestra onde falou sobre as funções de um deputado e como funciona o Parlamento alagoano. O Parlamento Jovem, que está sendo coordenado Escola Legislativa, tem como finalidade possibilitar aos alunos das escolas públicas vivenciarem o processo democrático, com a participação de uma jornada parlamentar, além de formar e promover a consciência política e a liderança entre jovens e adolescentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *