26 de outubro de 2015

Casa da Cultura de Arapiraca recebe debate de gênero nesta terça

Discutir gênero é o primeiro passo para entender, aceitar e acolher o outro enquanto ser social. É este debate que irá abarcar o auditório da Casa da Cultura, na tarde desta terça-feira (27). Aberta ao público, a partir das 14h, a Prefeitura de Arapiraca traz a mesa-redonda “Identidades de Gênero e Contemporaneidade: Da Análise Conceitual ao Ativismo Político”, com especialistas e estudiosos no assunto. A organização do evento é da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), por meio do Memorial da Mulher Ceci Cunha. “A idealização de propormos uma discussão de gênero para os arapiraquenses surgiu a partir do questionamento de como compreender este conceito no mundo contemporâneo e quais seriam essas diferenças psicológicas e sociais existentes entre um homem e uma mulher”, diz a psicóloga Fernanda Mota, diretora do Memorial. No plano geral, o intuito é debater como são produzidas as “feminilidades” e “masculinidades” na atualidade e quais seriam as mudanças estruturais necessárias no campo teórico e político para uma melhor ação social. Para tanto, uma parceria entre a Prefeitura e a Universidade Federal de Alagoas (Ufal) campus Palmeira dos Índios foi firmada, tendo as professoras mestres Marli Araújo e Augusta Costa compondo a mesa. Além delas, aliada à parte prática, outra convidada é a professora mestre Luiza Coppieters, que é formada em Filosofia pela Universidade de São Paulo (USP). Este ano, ela sofreu uma demissão no Colégio Anglo de São Paulo por ter assumido sua identidade de gênero. Coppieters é membro do Conselho Municipal de Políticas LGBT/SP, transexual, militante feminista e LGBT e lésbica. Para compor a mediação, o evento terá a professora doutura Flávia Ribeiro, a qual é coordenadora do curso de extensão "A Mulher na Universidade" na Ufal. Como supracitado, o evento é totalmente gratuito e com direito a certificado. As inscrições estão sendo realizadas online AQUI. Para mais informações, contatar o Memorial da Mulher no telefone (82) 3521-1751.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *