1 de outubro de 2015

Artistas alagoanos iniciam obras para o Projeto Velas Artes

Mesmo tendo algumas das praias mais belas do Brasil, a orla de Maceió ficará ainda mais bonita com o Projeto ‘Velas Artes’, promovido pelo Sebrae em Alagoas e pela Prefeitura de Maceió. Com a ação, 15 artistas plásticos alagoanos transformarão velas de jangadas em obras de arte. Os artistas envolvidos começaram esta semana a criar suas obras no Armazém Uzina, em Jaraguá. O objetivo do projeto é divulgar e valorizar a cultura alagoana por meio de pinturas feitas em velas de jangadas, cedidas pela Associação dos Jangadeiros de Maceió, e que homenageará o teatrólogo, Gustavo Guilherme Leite, idealizador do projeto. O lançamento das obras será no dia 03 de outubro, às 19h, com uma vernissage e no dia 04, domingo, às 10h, alagoanos e turistas presentes poderão ver os trabalhos dos 15 artistas avançando os mares de Pajuçara e Ponta Verde. As jangadas ficarão expostas para o público (em local ainda a ser definido pela Prefeitura da capital) até 05 de dezembro, quando, mais uma vez, elas irão desfilar toda a orla da capital. Esta será a terceira edição do Projeto ‘Velas Artes’, que teve sua última edição realizada em 1995 e, só agora, está voltando como uma ação do Movimento Compre do Pequeno Negócio, em comemoração aos 200 anos da cidade de Maceió. Segundo o diretor técnico do Sebrae em Alagoas, Ronaldo Moraes, voltar a realizar o projeto foi uma forma de poder divulgar a cultura do estado unindo duas ações festivas para o Brasil e a capital. "É uma emoção muito grande poder retomar o projeto ‘Velas Artes’, dentro da programação do Movimento Compre do Pequeno. Só o fato de ver tantos artistas motivados em homenagear o Gustavo Leite e estampar as suas ideias em velas de jangadas, está sendo produzido muito gratificante", destacou Ronaldo Moraes.

Homenagem por meio da arte

A curadora do ‘Velas Artes’, Mirna Porto, explicou que cada artista foi escolhido "a dedo", e que todos eles conheceram pessoalmente Gustavo Leite e acompanharam de perto os seus trabalhos. Entre os artistas escolhidos para transformar as velas das jangadas em arte, estão: Alex Barbosa, Ana Maia, Bárbara Lessa, Beto Leão, Beto Normande, Dalton Costa, Lula Nogueira e Maria Amélia Vieira. "Foi o próprio Gustavo quem iniciou esse projeto junto com Sebrae. As duas primeiras edições foram um sucesso absoluto, por isso, nossa ideia, agora, foi a de chamar os artistas que participaram das primeiras edições e, também, novos profissionais que representam a atual geração para homenagear a figura do Gustavo. Sem dúvida alguma, os artistas que estão aqui ajudaram a abrir caminhos para o desenvolvimento da cultura no estado" ressaltou Mirna. De acordo com Vanessa Fagá, gerente da Unidade de Comércio e Serviço (UCS) do Sebrae em Alagoas, o ‘Velas Artes’ tem um grande valor histórico para a instituição. "Nós queríamos trazer a arte alagoana e a beleza da economia criativa para dentro do Movimento Compre do Pequeno Negócio e, foi quando veio a ideia de trazer de voltar esse projeto. O ‘Velas Artes’ é um dos nossos projetos mais interessantes, em termos de economia criativa, sem falar que as jangadas de Maceió são um ícone do turismo alagoano", falou a gerente da UCS. A iniciativa conta com o apoio do Armazém Uzina; Miracor; Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária; Fundação Municipal de Ação Cultural; Secretaria Municipal de Promoção do Turismo e da Prefeitura Municipal de Maceió. Paulo Rios Artistas se preparam para a abertura do ‘Velas Artes’ que se inicia em 03 de outubroArtistas se preparam para a abertura do ‘Velas Artes’ que se inicia em 03 de outubroSobre o jovem teatrólogo As pinturas feitas nas jangadas irão homenagear o idealizador do projeto, o teatrólogo alagoano Gustavo Guilherme Leite, que, apesar de ter morrido jovem, foi um grande incentivador e contribuidor da cultura de Alagoas. Muito emocionado com a dedicação, o artista plástico Alex Barbosa, falou sobre a relação de amizade que teve com Gustavo Leite e sobre a importância dele para o estado. "Ele era uma pessoa com a imaginação fora do comum, ele tinha ideias incríveis. Ele falava do preto, do branco, do amarelo, do pastoril, do reisado, do folclore e de teatro. Infelizmente partiu muito cedo, mas essa partida implicou, sem querer, no desenvolvimento da nossa cultura. E, hoje, é uma emoção poder homenageá-lo por meio da arte", contou o artista que esteve presente das duas primeiras edições do projeto. Para a secretária do Turismo de Maceió, Janine Barbosa, poder retomar o projeto ‘Velas Artes’, idealizado por Gustavo Leite à época, é um grande marco. "Gustavo foi muito feliz ao ter iniciado essa ação e, para nós, estar resgatando esse projeto, e quem sabe transformá-lo num evento anual, é incrível. Aqui, estão verdadeiros grandes artistas, e não há momento mais oportuno para criar e mostrar todo esse talento para a nossa sociedade", frisou a secretária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *