2 de setembro de 2015

SMS realiza oficina de planejamento estratégico em unidade de saúde

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Diretoria de Atenção à Saúde (DAS) realizou nessa terça-feira (2) a 1ª Oficina de Planejamento Estratégico da Unidade de Saúde da Família (USF) São Francisco de Paula (Grota do Arroz). A ação faz parte do projeto piloto de reorganização da atenção à saúde no 8º Distrito Sanitário do município, que tem o objetivo de construir um novo modelo para a atenção básica de Maceió, envolvendo os vários atores sociais como direção das unidades, profissionais de saúde e comunidade. O planejamento estratégico ajuda a determinar o propósito organizacional em termos de valores, missão, objetivos, estratégias, metas e ações, delimitando os domínios de atuação da instituição, engajando todos os profissionais e usuários na consecução de objetivos maiores. “O planejamento estratégico ajuda a organizar os processos de trabalho, a assistência farmacêutica, os recursos materiais, humanos, evitando assim, perdas e gastos desnecessários. Além disso, aumenta a capacidade de tomar decisões, melhora a comunicação e promove a consciência coletiva”, explica Flávia Melro, diretora de atenção à saúde. Nesse primeiro momento, os usuários e funcionários da unidade construíram a missão, a visão e os valores entidade, onde foram definidas as linhas de ações e cuidados, o público-alvo, valores e crenças fundamentais que devem ser compartilhadas pelos trabalhadores e a definição de propósitos e responsabilidades da unidade de saúde perante os usuários. A diretora de atenção à saúde, Flávia Melro, destaca ainda os três pontos específicos para reorganizar a atenção à saúde. Primeiro é separar os modelos de atenção nas seis unidades que fazem parte do 8ºDS; segundo, programar as ações e serviços da atenção nessas unidades; e em terceiro, articular as ações e serviços existentes com as redes de atenção. “Procuramos reunir todos os atores envolvidos nesse processo para consolidar, de forma coletiva, a construção desse novo modelo de atenção à saúde. Estamos começando no 8º Distrito Sanitário, mas a ideia é que, em 2016, essa experiência seja estendida aos outros sete Distritos, proporcionando uniformidade ao atendimento, integrando todas as áreas e garantindo a efetividade que desejamos do Sistema Único de Saúde”, resume a diretora de Atenção à Saúde, Flávia Melro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *