17 de setembro de 2015

Saúde adota medidas de segurança para reabrir Samu, na Serraria

A nova Base Descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), localizada no bairro da Serraria, vai retornar às atividades após as primeiras medidas de segurança serem efetivadas. A iniciativa foi tomada devido ao assalto que ocorreu na noite da última quarta-feira (16), quando a arma do vigilante da unidade foi levada, o que fez com que os servidores suspendessem as atividades. De acordo com o supervisor do Samu, Lucas Casado, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) entrou em contato com o secretário de Estado de Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça, que garantiu que as rondas vão ser retomadas nas proximidades da base descentralizada do Samu, na Serraria, já a partir desta quinta-feira (17). “Outra medida é que o contato do supervisor de policiamento da região foi repassado para equipe do Samu para facilitar o contato em casos suspeitos”, esclareceu o supervisor do Samu. Segundo ele, melhorar a iluminação externa e instalar o sistema de videomonitoramento na base descentralizada do Samu são outras medidas a serem providenciadas. Unidade A base do Samu do bairro da Serraria foi inaugurada no último dia 8 de setembro, com três novas ambulâncias. Para a abertura da terceira Base Descentralizada do Samu, em Maceió, a Sesau investiu R$ 100 mil na reforma do espaço e compra de equipamentos. Mais de 300 mil maceioenses estão sendo beneficiados com a nova base, que está próxima dos bairros mais distantes do Centro da capital, como Tabuleiro do Martins, Benedito Bentes, Eustáquio Gomes e Clima Bom. A área era desassistida. O serviço na unidade é realizado por uma equipe de suporte avançado – composto por um médico, um enfermeiro e um técnico de enfermagem –, duas equipes de suporte básico – um condutor socorrista e dois técnicos de enfermagem – e duas motolâncias. Essa é a terceira Base Descentralizada do Samu. A Central de Operações está no bairro do Farol e outras duas bases funcionam nos bairros da Levada e Guaxuma. “Temos 100% de cobertura no Estado, sendo 16 bases somente na região regulada por Maceió, que vai de São Miguel dos Campos até Maragogi, incluindo toda a Zona da Mata”, frisou Lucas Casado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *