24 de setembro de 2015

Prefeita, vice e secretários definem estratégias para enfrentar a crise em Mar Vermelho

A queda de 38% no primeiro depósito do mês do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) disparou o alerta do sinal vermelho das prefeituras que se encontrava aceso há algum tempo diante da crise financeira que afeta o país. Depois de várias reuniões a gestão da prefeitura de Mar Vermelho optou por não demitir nenhum funcionário e focar na diminuição das despesas. As reduções começaram com o corte de 15% do salário da prefeita Juliana Almeida e do vice prefeito André Almeida. Os pagamentos dos secretários municipais, cargos comissionados e contratados também sofrem redução de 10% e 15% dos valores de gratificação de qualquer natureza dos servidores efetivos. O decreto que dispõe sobre a adequação das despesas vigorará até o dia 31 de dezembro deste ano, podendo ser prorrogado para equilíbrio das contas e não ultrapassar os limites de despesas com pessoal previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal. Além da redução dos salários a meta é economizar 30% dos gastos com combustível, água, energia, material de expediente e outros. Ficou determinado também que o expediente das Secretarias e das repartições públicas será em período único das 8 às 14h, exceto as unidades de saúde e escolas que funcionaram normalmente. Segundo a prefeita Juliana, "o FPM, Fundo de Participação dos Municípios, é a principal fonte de recursos do nosso município e não existe mais como fugir da crise instalada no Brasil. Todos têm a certeza dos problemas que os municípios alagoanos estão passando, principalmente os pequenos, os pequenos são os mais sofridos. Está muito difícil para o gestor administrar, mas nós temos as pessoas que acreditam, confiaram e hoje estamos aqui. Não posso afirmar quando sairemos da crise, mas tenho certeza que com dignidade e respeito podemos enfrentar juntos o que estamos passando. Juntos, seremos sempre mais fortes."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *