9 de setembro de 2015

Porto Calvo promove dia de lazer em hotel para 50 adolescentes

Nesta terça-feira (8), das 9h às 15h, no hotel Paraíso dos Coqueirais, em Japaratinga, na AL 101 norte, a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), de Porto Calvo, promoveu um dia de lazer para 50 adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) da usina Santa Maria, com faixa etária dos 11 aos 17 anos. O SCFV foi criado pelo Conselho Nacional de Assistência Social (Cnas) visando as diversas situações de fragilidade enfrentadas pelos cidadãos tendo como uma de suas designações organizar-se de modo a ampliar trocas culturais e vivências, desenvolver o sentimento de identidade, fortalecer vínculos familiares e incentivar a socialização e a convivência comunitária. Foi cumprindo com essa responsabilidade que a Semas realizou a ação, com o objetivo de promover autoestima, com foco na qualidade de vida. Para isso a secretaria ofertou um dia no hotel Paraíso dos Coqueirais com direito a lanche pela manhã, almoço, lanche da tarde, oficinas, atividades educativas, brincadeiras, banho de piscina e mar. Segundo a assistente social Conceição da Silva, a ação realizada é uma estratégia de convivência, através da promoção de atividades como essa promove-se o convívio social entre os jovens. E acrescenta sobre os adolescentes: “muitos aqui nunca tomaram banho de piscina, nunca nem viram o mar, para eles é um dia muito importante, tenho certeza que vai ficar em suas memórias pelo resto da vida”. O adolescente Rosivan da Silva,13 anos, como os demais, aprovou a iniciativa da secretaria afirmando com empolgação: “Hoje foi maravilhoso, muito divertido, foi a primeira vez que tomei banho de piscina e vim a um hotel”. A secretária da assistência social do município, Cleópatra Soares, expressou sua satisfação dizendo: “Nós da assistência nos sentimos completos por conseguirmos, com a autorização do prefeito Ormindo Uchôa, ofertar um dia como esse para nossos jovens, é gratificante ver a felicidade nos rostos deles, vê-los vibrar quando sabemos que são momentos difíceis de serem ofertados por seus pais”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *