11 de setembro de 2015

Índice de criminalidade cai 30% em Rio Largo, segundo Polícia Militar

O índice de criminalidade em Rio Largo caiu 30,4% nos primeiros oito meses de 2015 em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo dados da Secretaria Estadual de Defesa Social e Ressocialização (Sedres), neste período foram registrados 39 delitos – Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) -, em contra partida, ano passado o município teve 59 casos registrados. Os dados são da Polícia Militar de Alagoas. Já preocupado com a segurança do município, em novembro do ano passado, o prefeito Toninho Lins realizou reuniões extraordinárias com os integrantes do Gabinete de Gestão Integrada (GGIM) de Rio Largo. Para ele, é importante realizar parcerias para desenvolver ações de combate à criminalidade. "Fico muito satisfeito com os novos números, mas entendo que devemos continuar realizando essa parceria com a polícia e poderes executivos e judiciários, por ser fundamental para a segurança da nossa cidade", afirmou o prefeito. Ainda segundo Toninho Lins, os resultados apresentados demonstram a importância das parcerias firmadas. "Apesar da segurança pública ser de responsabilidade do Estado, eu, enquanto prefeito, não posso fechar os olhos para a ação de criminosos em Rio Largo. Vamos trabalhar para reduzir ainda mais os índices de criminalidade em nosso município", enfatizou. De acordo com o Coronel Silvestre, comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM), que é responsável pela segurança na região, as quedas tiveram a ver com a distribuição do efetivo, uma vez que o foco é o trabalho preventivo. "Com um estudo mais apurado de onde estavam e qual horário dos crimes, passamos a intensificar o patrulhamento nessas áreas. A ação de presença ou resulta em flagrante ou na inibição do ato infracional, com a ajuda da Força Nacional e do Batalhão de Operações Especiais (Bope)", finalizou o coronel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *