22 de setembro de 2015

Helvio Auto orienta trabalhadores durante o processo de transição com os aprovados no concurso

O Núcleo de Gestão de Pessoas (NGP) do Hospital Escola Dr. Helvio Auto (HEHA) vai realizar um trabalho de acolhimento com os funcionários que foram contratados por meio do Processo Seletivo Seriado da Uncisal, e que em breve começarão a ser substituídos pelos aprovados no concurso realizado no início deste ano. Intitulado de Projeto Acolher, o trabalho do Núcleo de Gestão de Pessoas foi motivado porque alguns trabalhadores estão demonstrando sintomas de ansiedade e adoecimento por causa da iminência do fim dos contratos e substituição pelos aprovados no concurso. A primeira fase do projeto será realizada no decorrer desta semana e consiste em informar todos os gerentes e coordenadores do HEHA para que conversem com os membros de suas equipes e identifiquem alguns funcionários que estão apresentando comportamento diferente, demonstrando preocupação excessiva, sinais de ansiedade e estresse mais altos. “Estamos nos antecipando neste trabalho, já que ainda não temos previsão de data para o início das nomeações do concurso, mas já estamos nos preparando. O intuito do Núcleo de Gestão de Pessoas é minimizar a ansiedade dos trabalhadores do Processo Seletivo, esclarecendo dúvidas e os preparando para o inevitável momento da saída, sem abandonar a necessidade de recolocação no mercado de trabalho” explicou Leopoldina da Graça, Coordenadora de Gestão de Pessoas do HEHA Identificados os funcionários, o Núcleo de Gestão de Pessoas marcará um encontro para conversar sobre estas questões com todos os que quiserem participar e de acordo com as necessidades apontadas pelos trabalhadores, o NGP dará orientações com palestras e oficina com assuntos para quem quer se recolocar no mercado de trabalho. Um minicurso de Desenvolvimento Pessoal será desenvolvido com temas que vão desde como se fazer um currículo, como se comportar numa entrevista de emprego, até a divulgação de vagas de trabalho para ajudar na reinclusão no mercado produtivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *