4 de setembro de 2015

Estado inaugura nova base descentralizada do Samu e entrega três ambulâncias

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) tem como prioridade prestar atendimento à população com agilidade. Para tanto, vem investindo cada vez mais nos serviços disponibilizados. Nesta terça-feira (8), inaugura a terceira Base Descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Maceió, dessa vez na Avenida Menino Marcelo, nº 3.038, nas proximidades da concessionária Auto Vanessa, no bairro Serraria. Durante a cerimônia, o governador Renan Filho e a secretária de Estado da Saúde, Rosangela Wyszomirska, farão a entrega de três ambulâncias, que serão utilizadas em Maceió. Para implantar a Base Descentralizada do Samu, que atenderá a população da Serraria e parte do Tabuleiro do Martins, a Sesau investiu R$ 100 mil. Na unidade, estarão atuando em regime de plantão uma equipe de suporte avançado (composta por um médico, um enfermeiro e um técnico em enfermagem) e duas de suporte básico (um condutor socorrista e dois técnicos em enfermagem). De acordo com a secretária de Estado da Saúde, Rosangela Wyszomirska, a nova base do Samu, também contará com duas motolâncias, que farão o suporte básico, dando ainda mais agilidade ao socorro, estabilizando a vítima e isolando a área até a chegada da ambulância. “Estamos trabalhando sério para assegurarmos aos alagoanos uma assistência à saúde humanizada. Por meio desta Base Descentralizada do Samu estaremos proporcionando um atendimento ainda ágil”, pontuou a gestora. A gerente de Atenção Pré-Hospitalar, Cristina Calado, afirmou que a inauguração atende a orientação do Ministério da Saúde de descentralizar o serviço nas capitais. “São locais onde o trânsito é mais lento e o número de ocorrências é maior”, explicou. “A maioria dos chamados é de emergências clínicas e traumáticas, estas envolvem também acidentes automobilísticos”, completou o supervisor do Samu. Conforme o supervisor do Samu Maceió, Lucas Casado, a cada 30 km existe uma Base Descentralizada do Samu em Alagoas. “Temos 100% de cobertura no Estado, sendo 16 bases somente na região regulada por Maceió, que vai de São Miguel dos Campos até Maragogi, incluindo toda a Zona da Mata", frisou Casado. O Samu O serviço pode ser acessado gratuitamente pelo número 192. A ligação é atendida por técnicos, que identificam a emergência e coletam as primeiras informações sobre a vítima e sua localização. “Em seguida, a chamada é encaminhada ao médico regulador, que aciona a ambulância indicada para o atendimento”, reforçou. Os socorristas devem ser chamados nos casos de pessoas com problemas cardiorrespiratórios, intoxicação exógena, queimaduras graves, maus-tratos, trabalhos de parto onde haja risco de morte da mãe ou do feto, tentativas de suicídio, crises hipertensivas, quando houver acidentes/traumas com vítimas, afogamentos, choque elétrico e acidentes com produtos perigosos. O informante pode contribuir com o atendimento realizando a devida apuração da ocorrência, relatando a quantidade de vítimas, o Estado de consciência delas e se alguma está presa às ferragens. Em caso de acidentes automobilísticos, a orientação é de que a via seja sinalizada, evite mexer nos acidentes e de que não seja dada água.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *