10 de setembro de 2015

DER intensificará fiscalização para diminuir acidentes com canavieiros em rodovias

Com o início da moagem da cana-de-açúcar, intensifica-se a circulação de veículos longos nas rodovias, que transportam essa matéria-prima. Esses veículos pesados dividem a pista com outros, de menor porte, e geram, além da lentidão no trânsito, acidentes graves. Devido a essa preocupação, o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Alagoas (DER/AL), através da Superintendência de Transportes e Trânsito, intensificará as fiscalizações nas rodovias estaduais. Sobre as medidas de segurança, o superintendente do DER, José Thadeu, orienta quanto à importância de se trafegar em vias autorizadas para transportes de carga. “Há locais em que veículos acima de 57 toneladas e com cumprimento superior a 19,8 metros não podem trafegar. Por isso, nossa preocupação é com a segurança. Quem se interessar em tirar dúvidas, pode procurar o departamento. O órgão se comprometeu a prestar serviços de orientação às usinas e aos motoristas, instruindo-os quanto aos seus direitos e deveres no transporte da cana”, destacou. De acordo com José Thadeu, a maioria dos acidentes acaba ocorrendo devido a colisão traseira. "Os caminhões circulam em velocidade reduzida. O veículo que vem atrás está em velocidade maior e não percebe. Além disso, cana a mais na carroceria faz com que pedaços sejam espalhados pelas rodovias, com risco maior para motocicletas. O condutor também pode se assustar e perder o controle do veículo. Os motoristas dos caminhões devem conferir a iluminação, as faixas refletivas e a sinalização traseira. Os caminhões canavieiros precisam retirar no órgão estadual a Autorização Especial de Trânsito (AET) para circular nos trechos permitidos das rodovias. A AET é um documento emitido pelo DER, autorizando o trânsito nas rodovias sob sua jurisdição, a partir da análise e aprovação de documentos encaminhados pelo interessado na realização do transporte de cargas, regida pelas características do transporte requerido, conforme o Código de Trânsito de Brasileiro (CTB) e as Resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Para solicitação da AET, é necessária uma Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) junto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas (Crea/AL) por parte de um engenheiro mecânico responsável pelo laudo técnico da composição do veículo. A ART é um instrumento indispensável para identificar a responsabilidade técnica pelas obras ou serviços prestados por profissionais ou empresas. O documento assegura à sociedade que essas atividades técnicas são realizadas por um profissional habilitado. Neste sentido, a ART tem uma nítida função de defesa da sociedade, proporcionando também segurança técnica e jurídica para quem contrata e para quem é contratado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *