8 de janeiro de 2019

Presidente da AMA cobra agilidade para início da Operação Água é Vida

O presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Hugo Wanderley, cobrou agilidade da Defesa Civil Estadual e da Procuradoria Geral do Estado (PGE) para iniciar a Operação Água é Vida, que leva água aos municípios afetados pela estiagem. O programa está parado na PGE aguardando liberação dos recursos para contratação de carro-pipa.

Em reunião com o tenente-coronel Moises, coordenador da Defesa Civil, na manhã desta terça-feira, dia 08, Hugo destacou que os 36 municípios com decreto de emergência estão desde abril de 2018 sem o programa e as prefeituras estão arcando com recursos próprios a distribuição de água.

Apesar da morosidade deste programa, a operação do Exército permanece ativa. “Mesmo com a operação do Exército, os municípios ainda precisam complementar com a contratação de caminhões pipas para o abastecimento nas áreas mais afetadas. Por isso, é extremamente importante a retomada da Água é Vida”, declarou.

Por telefone, o Procurador-Geral do Estado, Francisco Malaquias, afirmou que o processo está em andamento. O programa já está com verba liberada e tem um prazo de até 30 dias para o credenciamento dos caminhões pipas. Após o pedido da AMA, Malaquias ficou de analisar a possibilidade de diminuir o prazo do credenciamento e assim iniciar o programar mais rápido.

Fonte: Ascom AMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *