5 de dezembro de 2018

Semiárido alagoano registrou chuvas na noite desta terça-feira (04)

 

A Sala de Alerta da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) divulgou os dados do volume de chuva registrado no Sertão e no Sertão do São Francisco, nesta terça-feira (04).

De acordo com a coleta de dados dos pluviômetros digitais, as cidades localizadas no Sertão tiveram cerca de 24,6 milímetros de chuva, o esperado para o mês de dezembro era de 35 mm. No Sertão do São Francisco, choveu cerca de 44,1 milímetros e o esperado era de 35 mm.

As cidades de Major Isidoro, Pão de Açúcar e Piranhas registraram um maior volume de chuva em 24 horas. Nessas cidades, o monitoramento apontou 55 milímetros.

O município de Delmiro Gouveia também registrou um volume maior de chuva nos dias 2, 3 e 4 de dezembro, com cerca de 41,8 mm e o esperado para o mês era de 35 mm. A Sala de Alerta também considera a formação de granizo entre 19h e 20h em Delmiro Gouveia, na noite de terça-feira (04).

O meteorologista da Semarh, Vinícius Pinho, explica a motivação desse fenômeno no semiárido alagoano. “A zona de convergência do Atlântico Sul, que é uma banda de nebulosidade está atuando desde o norte do país, se estendendo até o oceano. Há também o sistema de Vórtice Ciclônico de Altos Níveis, o chamado Vcan, que está posicionado próximo à costa de Alagoas. A junção desses dois fatores ocasiona a formação de nuvens carregadas, o que justifica a ocorrência de granizo”.

A previsão da Sala de Alerta aponta chuvas fracas para os próximos dias em alguns pontos da região do Sertão e Sertão do São Francisco.

Fonte: Ascom Semarh

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *