11 de outubro de 2018

Unidade FAT Barro Duro realiza palestra sobre “Crime, Violência e Criminologia”

A Faculdade de Tecnologia de Alagoas (FAT) promoveu, nos dias 3 e 4 de setembro, um ciclo de palestras sobre o tema “Crime, Violência e Criminologia”, na Unidade Barro Duro.

Para abrir as palestras, o advogado Hugo Trauzola falou sobre Sexting e Revenge Porn: por que precisamos falar sobre isso? Já o Diretor de Planejamento do Instituto Médico Legal (IML), Diogo Borba, ministrou palestra sobre Práticas do IML.  “As atividades foram programadas a partir de temáticas que estão sendo discutidas pela sociedade a fim de estimular o senso crítico dos alunos’’, explica Adilza Amaral, coordenadora do curso de Direito.

Dentro da programação do evento, o advogado Diego Lacerda falou sobre “Gênero e Violência”, e o advogado Vilassa Neto ministrou palestra sobre “Ineficácia da tipicidade penal no combate à violência’’. Para Vilassa, a maneira mais eficaz para esse combate é por meio da criação e aplicação de políticas públicas. “Tornar mais rígida ou criar novas leis não é suficiente, nem o caminho mais adequado para o combate definitivo da violência. O ideal é investir na criação de políticas públicas e na reforma da ciência penal”, salienta. “Crime de estupro e a relação com o sistema de justiça” foi o tema abordado pela advogada Livya Sales. ‘’Analisei algumas sentenças e apresentei casos em que o perfil da vítima teve influência direta com a decisão do judiciário’’, explicou a palestrante.

Para a estudante do 5º período de Direito, Lucimara Paranho, discussões como essas são muito importantes para o ambiente acadêmico. “Nós, enquanto alunos de Direito, precisamos desenvolver o senso crítico. Por isso, a importância dessas atividades extraclasse’’, destaca. Opinião compartilhada por Maria Costa, estudante do 6º período do curso. “Essa troca de experiências com profissionais renomados é enriquecedora para nossa formação acadêmica e social’’, complementa Maria.

Os alunos do curso de Direito da FAT realizaram, ainda, uma visita técnica ao Hospital Escola Portugal Ramalho, no Bairro do Farol, a fim de conhecer a realidade do sistema manicomial. Eles também visitaram o Departamento Estadual de Investigações Criminais, no bairro Santa Amélia, onde foi ministrada uma palestra sobre “Contenção da Criminalidade’’, e oficinas de montagem de arma e tiro ao alvo.

Fonte: Ascom FAT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *