25 de julho de 2016

Malha rodoviária de Alagoas vai aumentar até o 1 semestre de 2017

Obras de implantação, pavimentação e restauração de estradas são realizadas de Norte a Sul do Estado.

Obras de implantação, pavimentação e restauração de estradas são realizadas de Norte a Sul do Estado.

Desde que iniciou seu mandato como governador do Estado, em janeiro de 2015, Renan Filho vem buscando caminhos para construir uma nova Alagoas. O governo vem investindo no desenvolvimento da malha rodoviária em todas as regiões, visando o aumento da quantidade e da qualidade das rodovias estaduais. Neste segundo semestre, novas estradas serão inauguradas.

No Agreste, o trecho de 22 km que liga Arapiraca a São Sebastião foi totalmente restaurado. Já a duplicação de 4 km do perímetro urbano em Arapiraca, está com 80% dos trabalhos concluídos e, ainda neste trecho, a ampliação do viaduto já foi finalizada. O benefício da obra será para uma população significativa de 500 mil a 700 mil habitantes que usam essa estrada para diversos itinerários, assim como escoamento de produção e para o turismo.

Também está em fase de conclusão a estrada que liga o município de Craíbas ao povoado de Folha Miúda, na AL-220, onde 95% dos serviços foram realizados. Ainda na região Agreste foi iniciada a obra de 10 km da rodovia que passa por Olho D’Água Grande, dando acesso à BR-101. As duas estradas, além de garantir acessibilidade, vão proporcionar mobilidade urbana e melhorar o fluxo de veículos na região.

 

SERTÃO

No Sertão, a recuperação dos 8 km da AL -145, no trecho do entroncamento da BR-423 (Delmiro Gouveia) com a AL-220, no povoado Maria Bode, está em ritmo acelerado, onde mais de 10% dos serviços de terraplanagem já foram executados.

A obra vai impulsionar a economia na região do Sertão alagoano e alavancar o desenvolvimento urbano com a expansão da cidade, beneficiando mais de 50 mil sertanejos.

Também foi iniciada a obra de implantação e pavimentação da estrada que liga Água Branca a Mata Grande, com 28 km de extensão, que vai facilitar o escoamento da produção e melhorar o tráfego na localidade.

O Sertão também já comemora o início das obras viárias de implantação e pavimentação da BR-316, ligando Carié a Inajá, em Canapi, além dos serviços de recuperação da BR-423 e BR-110, trecho Ouro Branco – Delmiro Gouveia; e da BR-316, trecho Carié – Maceió, atendendo a 16 municípios circunvizinhos e beneficiando diretamente mais de 340 mil habitantes.

 

REGIÃO SUL

Os trabalhos nas obras de implantação e pavimentação das rodovias de Penedo à Cooperativa Pindorama e da Cooperativa Pindorama a Bolivar continuam intensos. No trecho que vai da Cooperativa Pindorama ao povoado de Bolivar, 68% dos serviços foram concluídos. Já dos 31,733 km de extensão que vai de Penedo à Cooperativa Pindorama, 2,5 km foram executados, o que representa 8% da obra.

Mais de 150 mil habitantes da região serão beneficiados, já que além de encurtar em mais de 20 km a distância de Penedo e Coruripe para a capital, as estradas irão fortalecer o escoamento da produção agrícola para os municípios vizinhos. Outra característica significativa é que as duas estradas irão fomentar o fluxo turístico no Litoral Sul de Alagoas.

Nas AL-420 e AL-415 estão sendo realizados trabalhos de restauração das estradas que ligam os municípios de Roteiro e São Miguel dos Campos. Dos 16,92 km de extensão a serem restaurados, 10 km já foram concluídos e 1 km está em execução, o que significa 71% dos serviços executados.

A obra vai desenvolver ainda mais o turismo da região Sul, encurtando o trajeto entre os municípios, além de melhorar o tráfego da localidade e, principalmente, facilitar a locomoção dos habitantes de Roteiro a outras cidades da região.

 

REGIÃO NORTE

Na região Norte, o Governo realiza obras no trecho da AL-435, nos municípios de Matriz e Passo de Camaragibe. Ao todo, serão 10,2 km de rodovia. A obra, que vai otimizar o desenvolvimento turístico na região, já possui 17% de terraplanagem, 12% de pavimentação e 30% de drenagem executados.

Para o trecho, ainda está incluso o trabalho de proteção ambiental da via. Em Porto Calvo e Porto de Pedras, os 6,74 km de implantação e pavimentação da malha asfáltica da rodovia AL-460 já foram iniciados, com o intuito de melhorar o tráfego, aumentar a segurança na estrada, facilitar a vida dos condutores, aproximar os municípios e desenvolver o turismo na região. A obra irá beneficiar mais de 35 mil habitantes.

Em Maceió, as obras da nova rodovia que ligará a AL-105 (Cachoeira do Meirim) à BR-104 (Aeroporto Zumbi dos Palmares) estão em fase de conclusão, onde 90% de terraplanagem, 100% drenagem e 5% de pavimentação foram executados. Já a ponte da Alça da Flamenguinha, na AL-105, está praticamente finalizada, com 98 % dos trabalhos executados, restando apenas a realização do aterramento de cabeceira.

A duplicação da AL-101 Norte, tratada pelo governador Renan Filho como uma de suas principais prioridades, está na fase da realização dos serviços de drenagem e concretagem do viaduto de Jacarecica, localizado na Avenida Pierre Chalita. O primeiro bloco de concretamento já foi concluído e o segundo já está em andamento, no total de três.

A duplicação contará ainda com ciclovia em todo o trecho, além de iluminação pública, sinalização, drenagem, canteiro central com iluminação, passarelas e dois viadutos – sendo o da Avenida Pierre Chalita e o outro na Avenida Josefa de Mello. O primeiro trecho dos trabalhos começará em Cruz das Almas e segue até o início de Garça Torta, totalizando 5,8 km.

As obras estão sendo realizadas pela Secretaria de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand) e Departamento de Estradas de Rodagem de Alagoas (DER/AL). O secretário de Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral, destaca que a previsão é de que até o primeiro semestre de 2017 o Governo do Estado entregue cerca de nove obras rodoviárias à população alagoana.

“Estamos trabalhando para que todas as obras viárias que já estão sendo executadas possam ser entregues ao povo o mais rápido possível. Durante o inverno, as obras sofrem uma queda natural no ritmo devido às chuvas. Tão logo as chuvas cessem, as obras retornarão ao seu ritmo normal. Outras obras viárias estão sendo pensadas e previstas para serem iniciadas muito em breve, levando mais desenvolvimento para todas as regiões e facilitando a vida da população de todo o Estado”, afirmou o secretário.

 

Fonte: Carlos Victor Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *